Foto: Érika Gimenes
Na minhaBrasil
09/06/2017 | Nenhum comentário

City Tour em Brasília

Ainda conheço pouco o Brasil. Passei por nove dos nossos 26 estados e só, recentemente, corrigi uma falha grave no currículo, depois que tive a chance de ir ao Distrito Federal. Como a viagem era a trabalho, tinha apenas uma tarde livre para passear pela capital do país e aproveitei para ver o mais importante num city tour no ônibus turístico que circula por Brasília.

O ponto de partida é o shopping que tem o mesmo nome da cidade. O centro de compras relativamente pequeno, com apenas dois andares, fica próximo ao estádio Mané Garrincha e tem boas opções de alimentação, como uma filial do restaurante Coco Bambu.

Prédio do shopping todo espelhado e com formato arredondado visto de fora com carros parados na frente Blog Vem Por Aqui

Na entrada lateral, no segundo piso, está o guichê da Catedral Turismo, responsável pelo passeio que está previsto para acontecer três vezes ao dia (10h30, 14h e 16h30). Como o ônibus só sai com um mínimo de cinco passageiros, quem está sozinho tem que arriscar a ida ao shopping, mesmo sem a garantia da partida.

Ônibus do tour parado, com dois andares e plotagem dizendo shopping Brasília 20 anos Blog Vem Por Aqui

É preciso estar lá meia hora antes do tour e o pagamento, de R$ 50 para adultos e R$ 25 para idosos e crianças maiores de 5 anos, é antecipado. Caso o limite mínimo não seja atingido, há devolução do dinheiro.

Fiz a minha volta expressa por Brasília numa quarta-feira qualquer, às duas da tarde, e havia outras sete pessoas no grupo.

O veículo tem um sistema de autofalantes com descrição em três idiomas (português, inglês e espanhol), mas a narração só começa a funcionar depois da primeira parada, apenas para pegar passageiros, que, além do shopping, também podem embarcar na Torre de TV.

O primeiro ponto em que os turistas descem para visitar é a catedral, projetada por Oscar Niemeyer e famosa pelo formato singular, a escultura dos profetas e os anjos suspensos.

Prédio da igreja e sinos ao lado Blog Vem Por Aqui

Depois de 10 minutos de admiração, o ônibus segue passando pela Esplanada dos Ministérios, o Palácio do Itamaraty e o Congresso Nacional.

Congresso Nacional com avenida do lado direito e carros passando Blog Vem Por Aqui

Uma nova parada acontece na Praça dos Três Poderes. Ali, o visitante fica dividido entre o Palácio do Planalto, o prédio do Supremo Tribunal Federal e o Congresso, mas, como o tempo é curto, a ordem é mesmo observar, fotografar e partir.

Palácio da Alvorada com céu nublado ao fundo Blog Vem Por Aqui

Num dia normal, o ônibus passaria pela Ponte JK indo até o Palácio da Alvorada, onde aconteceria a última descida.

Como eu tenho essa alma jornalística, que serve como imã para notícias, coincidiu de estar lá no auge da convulsão social causada pelas delações da JBS.

Mosaico com fotos de caminhões de vivo das TVs, carros da polícia parados e soldados do Exército num ponto de ônibus Blog Vem Por Aqui

Em 18 de maio, o Temerário fechou o caminho até o palácio, com medo das manifestações, e (ironia, das ironias) o guia trocou essa parada por uma ida até o Quartel General do Exército.

Ignorei a mensagem subliminar e gostei muito de ver a Praça dos Cristais, que fica em frente ao prédio. O local tem projeto paisagístico de Burle Marx e uma calma inacreditável para uma cidade tão grande.

Praça com sol se pondo Blog Vem Por Aqui

Na volta, passamos pelo Eixo Monumental, tendo uma visão rápida do Palácio da Justiça e do Teatro Nacional.

O passeio durou cerca de 2h30 e optei por descer na Torre de TV, para curtir o panorama mais bonito de Brasília. Enquanto ambulantes fugiam da fiscalização, peguei o elevador para ir até o alto da torre, de 230 metros. Adorei a visão ampla da capital, com o “Eu Amo Brasília” de anfitrião.

Vista panorâmica da cidade com Eu Amo Brasília na frente Blog Vem Por Aqui

Sou de uma cidade plana, mas que tem um centro urbano pequeno, e vivo há 20 anos cercada pelas montanhas de Minas Gerais. A vastidão de avenidas e a imensidão de áreas por onde parece que ninguém anda a pé, também chamou minha atenção.

Carros passando em avenida larga Blog Vem Por Aqui

Hotéis

Conheci dois hotéis bem confortáveis quando estive em Brasília. Os dois ficam na região do Guará e estão a menos de 20 minutos do aeroporto. Eles também são próximos a um dos melhores shoppings da cidade, o Park.

O Blue Tree Jade tem quarto amplo, cama grande e piscina olímpica para quem gosta de se exercitar. As diárias ficam em torno de R$ 350.

Quarto com poltrona roxa com duas peças na entrada, cama ao fundo e varanda Blog Vem Por Aqui

Já o Quality é mais barato (diárias por volta de R$ 300) e fica num complexo de prédios, com um centro comercial no meio. A piscina e a academia são bem espaçosas.

Vista aérea do conjunto de prédios em forma de U com uma fonte no meio Blog Vem Por Aqui

O quarto que eu visitei era como um apart, com cozinha, sala e varanda. A cama é king size e as amenities do banheiro da Natura. Eles também oferecem águas de cortesia.

Sala do apartamento com cozinha no canto, mesa à frente, sofá diante da TV Blog Vem Por Aqui

Outra vantagem do hotel são as vans que levam os hóspedes para o aeroporto e o shopping em determinados horários. A desvantagem é a internet, que funcionava muito mal nos prédios mais afastados. Um pecado grave para uma cidade de turismo de negócios.

Mesmo assim, o hotel tem louváveis nove pontos na avaliação do Booking.

Opcões gastronômicas

Como não tive tempo de conhecer a noite e lugares para sair e comer, consultei uma ex-moradora de Brasília que já rodou o mundo inteiro e esteve aqui compartilhando uma foto de Ruanda. Renata Pacheco citou alguns dos seus espaços preferidos por lá:

Coco Bambú – Essa rede de restaurantes de frutos do mar tem três unidades brasilienses. A do Lago Sul é a mais bonita, com vista para a água.

Varanda do Coco Bambú com mesas no canto e vista para o lago Blog Vem Por Aqui

Soho – O japonês Soho também tem uma localização privilegiada, como qualquer um que tem o Paranoá como cenário. O restaurante de Brasília foi o primeiro da rede (que surgiu em Salvador) fora do Nordeste.

Parte externa do Soho com várias mesas escuras e teto com madeira, em frente, gramado verde e lago Blog Vem Por Aqui

Fratello Uno – A pizzaria já foi eleita a melhor da cidade pela Veja e tem duas casas, nas Asas Sul e Norte.

Pizza do Fratello com cortador redondo cortando Blog Vem Por Aqui

Libanus – O boteco de estimação da Rê. Segundo ela, o bar tem a melhor pizza de pedaço da cidade, com um molho de tomate delícia.

Salão de uma das unidades do Libanus com piso preto e branco, mesas cheias de gente e garçom andando Blog Vem Por Aqui

Marvin – A rede de sanduíches lights Marietta também tem seu lado B, que é o Marvin. A hamburgueria faz sucesso por lá e já entrou até em algumas listas dos melhores de Brasília, como essa do Metrópoles.

Hamburguer com carne e molho aparentes e batatas em volta Blog Vem Por Aqui

Restaurantes do Clube de Golfe – Para quem quer comer num ambiente diferente, a Renata indica os restaurantes do Clube de Golfe. São quatro. O Le Jardin du Golf tem influências francesas e italianas. O Kabuki Sushi House fica ao lado e, como o nome denuncia, é especializado na cozinha japonesa. O prato mais famoso do Oliver é a paella. Num anexo a ele está o Cru, que faz um mix entre pratos típicos do Japão e do Peru.

Mosaico com as fotos dos quatro restaurantes Blog Vem Por Aqui

Mormaii – o Mormaii Surf Bar tem aquela cara de balada e mescla produtos da grife com o ambiente de bar, inclusive na unidade do shopping Brasília. No site do Pontão do Lago Sul você vê outras atrações que, assim como a casa principal do Mormaii, ficam por ali.

Fachada do Mormaii com placa grande escrita Surf Bar Blog Vem Por Aqui

Acesse os links abaixo para ver dicas de mais destinos no Brasil.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *