Foto: Belmond Monastério
BalaioAmérica
03/11/2017 | Nenhum comentário

Hotéis de luxo no Peru

As referências de uma viagem ao Peru pra muita gente ainda são poeira, mochileiros, trens desconfortáveis, longas caminhadas e serviços improvisados.

Ideias pra lá de ultrapassadas, segundo a especialista em turismo de luxo, Chris Biaggioni.

É um país imperdível! Tem de tudo, gastronomia muito boa, parte histórica e cultural, artesanato local, hotelaria muito boa, natureza maravilhosa... É uma viagem completa.”

Para provar, ela listou quatro hotéis inesquecíveis, começando por Lima, onde recomenda o B.

Fachada do hotel toda em branco, com pequeno balcão acima da porta de entrada e, acima desse balcão, a letra B Blog Vem Por Aqui

Com nota 9,2 no Booking e diárias a partir de R$ 800, o B foi construído em 1914 como casa de veraneio de uma família abastada e já serviu de refúgio até para um presidente (Augusto Leguía, em 1920).

Cama atrás de uma porta de espelhos com espreguiçadeira na frente e quadro na parede do fundo Blog Vem Por Aqui

Depois da restauração para abrigar o hotel, o casarão passou a contar com uma série de obras de arte da Galeria Lucía de la Puente.

Bar do hotel com quadro enorme atrás do balcão e quadro menores numa parede ao lado da porta, no centro do salão, há várias mesas Blog Vem Por Aqui

A construção fica numa área histórica, o bairro Barranco, onde também estão o Parque Municipal, a Biblioteca Municipal e a Ponte dos Suspiros.

Ponte de madeira com árvores e parque ao fundo Blog Vem Por Aqui

O restaurante tem cardápio elaborado pelo chef Oscar Velarde, dono do La Glória, em Lima, e do Cicciolina, em Cusco.

Mesa de mármore no restaurante com um prato com cubos de carne, talheres ao lado, saleiro e taça de espumante à frente Blog Vem Por Aqui

E é em Cusco que Chris indica dois hotéis que adora, o Palácio Nazarenas e o Monastério.  Ambos da rede Belmond, um do lado do outro, mas o Palácio leva a melhor na disputa.

Quarto visto da lateral com espelho grande na parede, ao lado de um aparador e uma TV e em frente a uma cama grande com dossel Blog Vem Por Aqui

Ali, as diárias começam em torno de R$ 1.100. Compreensível quando você descobre que os hóspedes têm direito até ao serviço de um mordomo que pode se encarregar, entre outras coisas, de fazer e desfazer as malas, ensinar a preparar um pisco sour ou ajudar a escolher sabonetes feitos à mão com matérias-primas locais. Não é à tôa que tem média de 9,8 no Booking.

Mordomo mostrando duas barras de sabonete para mulher vestida de roupão Blog Vem Por Aqui

Quem quiser conhecer o hotel e aproveitar a qualidade do serviço, sem desfalcar tanto o bolso, pode optar pelo restaurante, que tem menu online com pratos e preços.

Restaurante do hotel ao anoitecer com lago na frente, parede de vidro e mesas ocupadas por casais e iluminadas por velas Blog Vem Por Aqui

Assim como o vizinho, o Monastério está na praça central de Cusco, mas as diárias são mais baixas, por volta de R$ 800. Como o nome já anuncia, o hotel foi instalado num antigo mosteiro de 1592.

Quarto visto da lateral com duas camas lado a lado, quadros com pinturas antigas e porta de vidro dando para o pátio Blog Vem Por Aqui

Até por isso, há algumas excentricidades, como uma sala com um altar e várias imagens.

Mesa grande em forma de U com cadeiras com capa vermelha, diante de altar cheio de imagens Blog Vem Por Aqui

Mas é área externa que se destaca. O pátio central tem uma fonte de pedra, acompanhada de um cedro com mais de 300 anos de idade.

Pátio com árvore e fonte no meio diante de um jardim Blog Vem Por Aqui

Os hóspedes também fazem vários elogios ao espaço e ao tratamento oferecido, ainda que a nota seja um pouco mais baixa, um excelente 9,5.

Mesmo quem vai percorrer o Vale Sagrado não precisa abrir mão do luxo. Por lá, a dica da Chris é o Explora, inaugurado no ano passado e que, segundo ela, proporciona experiências muito interessantes de integração com a natureza.

Prédio do hotel visto de cima com montanhas ao fundo, vale na frente e plantação de milho na parte dianteira da foto Blog Vem Por Aqui

São pequenas excursões de exploração pela região (há cerca de 20 roteiros), sempre acompanhadas por um guia, e que podem ser feitas a pé, de bicicleta ou de van.

O espaço tem 50 quartos com vista para a plantação de milho ou para as montanhas do vale e preza por uma atmosfera de tranquilidade e silêncio.

Cama diante de painel de madeira com travesseiros brancos atrás e azuis na frente e manta de tecido rústico marrom do meio em diante, em frente, janelas grandes de vidro e mesinha com poltronas Blog Vem Por Aqui

As diárias all inclusive podem passar dos R$ 3.000, mas as refeições estão longe daquela coisa pasteurizada dos resorts populares.

Restaurante do hotel com teto e colunas de madeira e mesas com poltronas conjuntas de quatro lugares Blog Vem Por Aqui

Quem fica por quatro noites ou mais, ganha um passeio de dia inteiro para Machu Picchu.

Van vermelha no meio do mato, com adesivo escrito Explora na traseira e pessoa conversando com o motorista do lado de fora Blog Vem Por Aqui

Todos os hotéis da rede seguem uma filosofia sustentável, de integração com o meio ambiente e a comunidade.

A agência de promoção do turismo do Peru tem um ótimo post sobre outros destinos de luxo no país e atrações sofisticadas.

Já o Como Viaja falou, recentemente, de um marco nos serviços de alto padrão do país, o lançamento dos trens de luxo da rede Belmond.

Interior do trem com poltronas diante das janelas, mesas e cadeiras cobertas com mantas de trama típica Blog Vem Por Aqui

Aqui você confere a opinião de uma das nossas entrevistadas sobre um restaurante peruano consagrado, o Astrid y Gastón e, nos links abaixo, tem a experiência de outros viajantes.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *