Pra lá, por quê?América
19/12/2017 | Nenhum comentário

Luckenbach, a cidade-fantasma que atrai turistas no Texas

Enquanto fazia um intercâmbio na Universidade do Texas, Calebe Asafe conheceu Luckenbach. A cidade, que fica a cerca de 1h30 de Austin, se resume a um bar típico do Velho Oeste e ficou marcada por anedotas e idiossincrasias desde o nascimento.

Prédio com luzes em volta do teto, placa com a inscrição US Post-Office e árvores na frente Blog Vem Por Aqui

A história

O povoado surgiu em 1849, como um posto comercial do condado de Gillespie, mas seu ponto central foi inaugurado anos depois pelo pastor August Engel, que veio da Alemanha e construiu uma mistura de loja, saloon e agência dos Correios.

Casarão de madeira com árvore na frente Blog Vem Por Aqui

Em 1886, uma das filhas de Albert, Minna, que era responsável pela agência, teve que preencher o nome da localidade num pedido postal e homenageou o noivo (Carl Albert Luckenbach), colocando o sobrenome dele.

Placa em cima do prédio onde está escrito US Post-Office e, abaixo, a data 1850 Luckenbach, TX. 1971 Blog Vem Por Aqui

A escolha não foi tão egoísta ou aleatória assim. O pai de Albert foi um dos primeiros colonos a povoar a região e fez parte, inclusive, do grupo que ajudou a conquistar a independência do Texas, que pertencia ao México. Ele e outros integrantes da família vieram de uma cidade com o mesmo nome na Alemanha e fizeram o caminho contrário, adotando como sobrenome o título do lugar onde nasceram.

Além da convivência tranquila com os índios Comanche, os moradores de Luckenbach se orgulhavam de outro feito.

Índia montada num cavalo banco sorrindo e outra, de chapéu, em pé, na frente Blog Vem Por Aqui

Segundo eles, foi um professor local, Jacob Brodbeck, quem lançou o primeiro avião, em 1865, antes dos irmão Wright ou de Santos Dumont.

Estátua de Jacob com imagem de homem careca de barba, em cima de granito com placa sobre ele Blog Vem Por Aqui

A fama

Nos anos 70, um descendente do pastor Engel se aposentou e vendeu os negócios para Hondo Crouch e dois sócios.

Foto com o trio, homens em pé e mulher sentada no meio, abaixo de uma placa com a data 1850 e a palavra Luckenbach Blog Vem Por Aqui

Guich Koock, Hondo Crouch e Kathy Morgan, os novos proprietários de Luckenbach.

Por US$ 30.000 eles passaram a ser donos de uma ‘cidade’ e Crounch, um tipo folclórico que se intitulava ‘o príncipe palhaço’, colocou Luckenbach na mira dos astros da country music.

Hondo sorrindo, de chapéu country, barba e cabelo brancos, lenço vermelho no pescoço e camisa jeans Blog Vem Por Aqui

Uma das estrelas da época, Jerry Jeff Walker gravou um disco no saloon.

Mosaico com foto de Jeff em preto e branco sorrindo de braço cruzado e montagem com madeira com nome do disco pintado e cartaz tipo anunciando o show Blog Vem Por Aqui

Quatro anos depois, Waylon Jennings e Willie Nelson lançaram ‘Luckenbach Texas’.

Foto em preto e branco dos dois artistas sorrindo, Waylon à esquerda, de chapéu, e Willie, à direita, de cabelo comprido Blog Vem Por Aqui

A partir daí, a fama se espalhou.

Nelson ainda usou o vilarejo como palco para seus piqueniques de 04 de Julho entre 95 e 99.

Hoje

A última escola que resistiu por ali fechou em 1964, o cemitério também deixou de receber os visitantes eternos. Luckenbach é, agora, uma espécie de cidade-fantasma, com um slogan bem apropriado para uma terra sem moradores:

Caneca com o lema da cidade grafado Blog Vem Por Aqui

Everybody is somebody in Luckenbach

Calebe conta que teve uma ótima surpresa na visita.

O melhor sanduíche de pulled pork que eu já comi foi lá. Impressionante, espetacular!”

E a opinião dele tem peso. Afinal, o autor do Eu Já Comi ganhou um concurso de culinária para amadores no programa da Ana Maria Braga e vive dando boas dicas de cozinha no blog que mantém.

A iguaria que impressionou Calebe é da Feed Lot.

Sanduíche com copo de isopor e batatas atrás Blog Vem Por Aqui

A lanchonete funciona sexta e sábado, de 11h às 22h e domingo de 11h às 19h. Veja o menu aqui.

Fachada de madeira da lanchonete com placa escrito Open e outro com o nome em cima, ao lado, cardápio Blog Vem Por Aqui

Hoje vários festivais movimentam o vilarejo.

Pessoas espalhadas pelas mesas do lado de fora do saloon Blog Vem Por Aqui

De encontros de motociclistas a feiras e maratonas, além de shows quase diários no saloon ou à céu aberto.

Montagem com fotos de show interno, externo, de feira, de final de corrida e de motos Blog Vem Por Aqui

A programação é tão intensa quanto o fluxo de turistas no fim de semana.

Pessoas passando em frente ao saloon Blog Vem Por Aqui

No site de Luckenbach você encontra a lista completa dos eventos.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *