Foto: Érika Gimenes
BalaioEuropa
27/03/2018 | Nenhum comentário

Tudo sobre Brighton – Onde sair

Como já contei no post sobre os melhores lugares para comer em Brighton, o que não falta por aqui são espaços descolados e moderninhos que atraem mais pela aparência que pela qualidade.

Numa cidade cheia de estudantes, também há muitos bares voltados para esse público, com promoções boas para quem está com o dinheiro contado, vendendo cervejas e drinques por £ 2.

Perguntando e testando, montei uma seleção para quem quer saber onde tomar uns ‘bons drink’, dançar ou simplesmente ver gente em Brighton.

Para estudantes (mas nem só para eles)

A semana começa animada com eventos na terça-feira em lugares como o The Font, o preferido da garotada do ELC, ou o The Bees Mouth (com uma pegada mais alternativa).

Pessoas em frente ao bar no The Font Blog Vem Por Aqui

The Font

O primeiro funciona num antigo teatro e tem o famoso Leve 2 pague 1 para alguns drinks, além de cervejas a partir de £ 1,50. A seleção musical reúne clássicos do começo dos anos 2000, misturados com uma ou outra coisa de agora, mas, para a minha surpresa, a galera dos 20 e poucos anos adora. Nos dias de jogos da Premier League eles transmitem as partidas num telão, no centro da casa.

Fachada do Bee's Mouth com carro preto parado na porta Blog Vem Por Aqui

O segundo costuma exibir algum filme cult às terças, a partir das 19h, e às quartas coloca o microfone à disposição para qualquer músico interessado em tocar e cantar. Quem não tem medo de se expôr em público, ganha uma bebida.

O Revolution é parte de uma rede com unidades em Londres e outras cidades inglesas. Por lá, o 2×1 também é rotina e, vira e mexe, eles abrem as portas para atividades das escolas de idiomas.

Casa onde está o Revolution com pessoas (duas) na frente Blog Vem Por Aqui

Já o King & Queen é um espaço amplo, com vários ambientes, onde rola de tudo um pouco, até aula de salsa. O biergarten fica cheio, mesmo em dias de frio e garoa, assim como a sala com mesas de sinuca, na parte de cima, ou uma das muitas áreas com TV’s e telões transmitindo partidas e programas esportivos. As pints de cerveja custam cerca de £ 2,20. Há sidras com sabores variados.

Mosaico com fotos da entrada do bar, de pessoas esperando em frente ao balcão por bebida e de uma sala com telão Blog Vem Por Aqui

Pois é, ingleses e irlandeses adoram sidra, vai entender…

Um lugar tradicional que muitos estudantes frequentam, mas também é bem visto pelos locais é o Lion & Lobster. O quiz (popular em muitos outros bares brightonianos) atrai tanta gente quanto o Sunday roast, prato típico do almoço de domingo com algum tipo de carne assada (muitas vezes rosbife ou roast beef – daí o nome), que também leva vegetais grellhados e yorkshire pudding (espécie de pão em formato de tigelinha, com massa fofa, que serve para absorver parte do molho jogado por cima do prato).

Sala do Lion & Lobster com larera, quarto grande e com vc quatro dormirão juntas Blog Vem Por Aqui

Três lembretes importantes:

– Nenhum bar serve bebida para menores de 18 anos por aqui. Alguns sequer permitem que eles entrem, mesmo que sejam crianças de colo acompanhadas dos pais. Por isso, não esqueça a identidade.

– Os lugares, em geral, abrem e fecham cedo. Muitos já funcionam desde o almoço, ou a partir das 16h, e baixam as portas entre 0h e 1h.

– Quem quer mesa tem que fazer reserva. Conseguir um lugar ao sol sem planejamento é coisa rara, inclusive em restaurantes.

Especialistas indicam

No food tour que fiz pela cidade tive a companhia de um especialista em cervejas. O beer sommelier Robert Parker é responsável pela seleção desse tipo de bebida em algumas casas de Brighton. Ele também promove o seu próprio tour, para quem quer saber mais sobre a produção local e aprender um pouquinho sobre o universo cervejeiro.

Robert em frente a um grupo de clientes sentados numa mesa com cervejas à frente dando explicações no tour Blog Vem Por Aqui

Robert me contou que muda constantemente de preferências, porque sempre há alguma coisa nova surgindo ou alguém se renovando, mas indica como melhor lugar para beber (não só cerveja) o The Black Dove.

Eles fazem coquetéis incríveis, tem ótimos vinhos e uma seleção de cervejas brilhante. Não há muitos lugares em que você consiga o melhor dos três e eles acertam em cheio.”

Robert diz ainda que o The Mash Tun costumava ser um ótimo pub para comer um Sunday roast, mas Cat Lane, uma das proprietárias da Brighton Food Tour, acha que o The Geese passa na frente dele aos domingos.

Frente do The Geese com flores no topo da parede e mulher passando em frente Blog Vem Por Aqui

Ela também indica o The Office para os apaixonados por gim. O lugar tem mais de 60 marcas da bebida.

Frente do bar com nome escrito em cima da janela Blog Vem Por Aqui

Outro ponto que vale a pena, segundo Cat, é o The Basketmakers, um pub bastante original, ainda que não tenha tanto apelo estético quanto o vizinho Eagles.

A dica de Cat para os veganos é o Ten Green Bottles, outro que fica na região de North Laine, e tem uma seleção de vinhos voltada para esse público.

Já a minha hostess preferida, apresentadora do The Food and Drink Show, Karen Morton, diz que o favorito dela no momento é o The Better Half, um pub perto da praia, em Hove.

Parte interna do bar com mesas e bancos em frente ao bar Blog Vem Por Aqui

Segundo Karen, o dono é amável, os preços são justos, a comida é boa, há opções vegetarianas e quem quiser uísque ainda vai ter o prazer de usar copos de cristais que pertenceram à mãe de Simon (o proprietário amável).

Pubs Irlandeses

Como legítima irlandesa, Karen também aponta bares com inspirações no seu país, como o Molly Mallone’s e o Fidders Elbow, onde estive no St. Patrick’s Day.

Rua fechada em frente ao bar, cheia de gente e com tendas Blog Vem Por Aqui

Eles fecham a rua onde estão instalados e colocam algumas barraquinhas de cerveja em frente a um palco onde músicos se revezam, tocando sons irlandeses.

Para coquetéis

Foi o filho de Karen, o agente de viagens especializado em despedidas de solteiro Niall Morton, quem me falou sobre os melhores bares de coquetéis da cidade.

Para ele, tanto o Valentino quanto o The Plotting Parlour têm drinques excelentes.

Móveis de madeira decorando o lugar Blog Vem Por Aqui

The Plotting Parlour.

Quando a ideia é economizar, Niall vai ao Las Iguanas, outra filial de uma grande rede que adota o esquema 2×1 e tem drinques e comidas inspiradas em países sul-americanos (Brasil, com dadinhos de tapioca, inclusive).

Seu preferido, no entanto, é o Seven Stars, em South Laine, que tem gins e cervejas artesanais.

Mesas internas com sofás grandes e grades em volta, como gaiolas semiabertas Blog Vem Por Aqui

Beer Festival

A minha menção honrosa para evento etílico em Brighton vai para o Sussex Beer Festival . Uma iniciativa anual da qual tive a sorte de participar e que tem parte da renda revertida para caridade.

Mão segurando cartela com valores e copo Blog Vem Por Aqui

O festival, que aconteceu no hipódromo da cidade, reuniu, este ano, mais de 170 tipos de cervejas artesanais e 20 tipos de sidras (olha elas aí, me perseguindo…).

Bolsa cobrindo pequenos barris com cervaja e cartazes com nome Blog Vem Por Aqui

A entrada, que custou £ 5, dava direito a um copo com três marcas. O preço das cervejas variava de acordo com o tipo e o tamanho pedido.

Copo com cerveja na primeira marca Blog Vem Por Aqui

Os visitantes sempre eram convidados a provar antes de escolher e podiam comprar um terço, a metade ou uma pint inteira. Os valores giravam em torno de £ 1,20 e £ 3,60.

Havia algumas opções de comida, mas muita gente levou seu lanchinho. O programa do festival explicava as características de cada uma das cervejas vendidas.

Pessoas sorrindo para a a casa, na janela o papel com um "não perturbe"

Testado e aprovado por pessoas de diferentes países 🙂

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *