Foto: Visite Ponte de Lima
Pra lá, por quê?Europa
07/11/2017 | 4 comentários

Ponte de Lima, a vila mais antiga de Portugal


 

Sempre acho que o tempo passa em outro ritmo nas cidades do interior. Nas vilas medievais da Europa, então, ele quase se arrasta. Como se quisesse lembrar que a vida é para ser degustada aos poucos.

Quem indica uma dessas vilinhas mágicas, em Portugal, é a jornalista Carine Tavares. Numa de suas visitas à terra do avô, ela conheceu Ponte de Lima, na região do Minho.

Casas antigas no centro da cidade diante de uma estátua com flores abaixo Blog Vem Por Aqui

A vila mais antiga do país lusitano é de 1.125 e foi instituída pela Condessa Dona Teresa de Leão, ainda com o nome de Terra de Lima.

Paços do Marquês, pequeno castelo medieval com alameda com árvores à frente Blog Vem Por Aqui

Muito antes disso, em 135 A.C, os romanos já circulavam por ali e construíram a primeira ponte que ligava as duas margens do Rio Lima, unindo Portugal à Espanha.

Ponte romana e medieval, diante do Rio Lima com grama na margem e um igreja na ponta esquerda Blog Vem Por Aqui

Na Idade Média boa parte da construção foi refeita, mas ainda é legitimamente romana no lado oeste.

Ponte vista de baixo com pedras na composição e postes de energia ao longo Blog Vem Por Aqui

Segundo uma placa na beira do rio, as estátuas dos soldados diante da margem representam um episódio real, motivado por uma lenda grega.

Estátuas de soldados romanos divididos em duas fileiras Blog Vem Por Aqui

Quando os romanos chegaram ao Lima, acreditavam que estavam diante do Léthê, o famoso Rio do Esquecimento, que tirava a memória de quem atravessasse suas águas. O comandante da tropa teve que ir na frente e dizer o nome de um por um depois de atravessar, para que eles perdessem o medo e passassem pelo rio.

Estátua do comandante num cavalo branco diante da ponte Blog Vem Por Aqui

Mais do que as histórias e as heranças medievais, uma tradição bucólica de Ponte de Lima é que deixou Carine encantada.

Eu cheguei lá de manhã cedinho e a cidade inteira tem um alto-falante que toca música. A gente andava pelas ruas, as pessoas estavam acordando, e você ouvia a mesma música em todas as ruelas. Não tinha jeito de acordar mal-humorado. Era uma música suave, uma delícia!”

Fachada das casas com varandas cercadas por pequena grade de metal em ruas apertadas Blog Vem Por Aqui

São apenas 5.125 habitantes na sede do município, que tem quase 44 mil pessoas, contando com os moradores das outras 39 freguesias (o equivalente aos nossos distritos).

Moradores sentados debaixo de uma árvores, num banco de concreto, ao lado da igreja Blog Vem Por Aqui

Mas o lugar bem que poderia dar uma aula de investimento no Turismo até para capitais brasileiras. Além de ter um site muito completo com informações sobre as principais atrações e dicas de hospedagem e gastronomia, eles investem em vários festivais.

Vista aérea da cidade com vários prédios medievais e barraquinhas no meio do Largo de Camões com muitas pessoas em volta Blog Vem Por Aqui

Eventos

Um dos mais famosos é o Festival Internacional de Jardins. Em maio, 12 artistas são selecionados para criarem jardins com o tema anual. Qualquer pessoa, de qualquer país, está apta a concorrer, mas é preciso montar um projeto bem elaborado, levando em conta um dos espaços disponíveis.

Um dos jardins do Festival com sulcos em grama azul e, no centro uma espiral com grama e ondas brancas, acima, estrutura colorida Blog Vem Por Aqui

Os escolhidos pelo júri (composto por especialistas em Botânica, Paisagismo, Design, Arquitetura e Artes Plásticas) recebem uma ajuda de custo de até € 10.000 e montam seus jardins, que ficam abertos para a visitação até o final de outubro.

Estrutura de metal em formal de jaula com uma estrutura semelhante menor, no meio, com jardim ao centro Blog Vem Por Aqui

O preço para essa visitação é quase simbólico, € 1 para entrada única e € 2 para quem quer ter acesso aos espaços durante todo o evento. Crianças de até 12 anos não pagam e idosos desembolsam apenas € 0,50. O público escolhe o jardim preferido.

Tem um projeto brasileiro na disputa deste ano, do pessoal do Dríades Paisagismo, do Rio de Janeiro. Pelo que eu vi nas fotos, as chances são boas.

Mosaico com duas fotos do jardim, na primeira vemos o solo pintado com círculos coloridos com dois ou três círculos menores dentro e estrutura de metal em cima como um duas traves cruzadas, na foto ao lado temos uma estrutura de metal com plantas no meio formando uma parede e abaixo pequenos arbustos de flores, sendo dois maiores com flores roxas Blog Vem Por Aqui

As Feiras Novas também atraem muita gente para a vila. No segundo fim de semana de setembro, os limenses se despedem do verão com uma festa de rua que faz uma mistura de comemoração pagã, quase carnavalesca, com a procissão de Nossa Senhora das Dores.

Mosaico com imagens da festa, primeira de fotos de artifício, segunda de bonecos gigantes, abaixo pessoas tocando tambores e, ao lado, procissão da virgem Blog Vem Por Aqui

Oficialmente o evento começa na sexta, com bandas no Largo de Camões, mas desde o meio da semana já há tocadores de concertina (primo do acordeão) pelas ruas. Fogos de artifício, bonecos gigantes, cerveja e vinho verde compõe a mistura.

Pessoas lotando a praça da cidade durante as Feiras Novas Blog Vem Por Aqui

Enoturismo

Por falar no vinho verde, quem gosta desse exemplar tipicamente português, e que representa tão bem o Minho, tem que visitar um museu dedicado ao tema em Ponte de Lima.

Fachada do prédio em estilo medieval com torre de pedra ao lado e casa pintada de branco com janelas emolduradas por pedras, no meio, placa co o nome do local e uvas como símbolo Blog Vem Por Aqui

Por € 3 é possível conhecer o Centro de Interpretação e Promoção do Vinho Verde e ainda tomar uma das produções locais.

Sala de provas com adega de ferro com vinhos pendentes na parede, mesa com cadeiras brancas no meio, estantes de madeira em frente com vinhos e taças Blog Vem Por Aqui

Gastronomia

Quem prefere os comes aos bebes pode se deliciar com um dos pratos típicos da região, o Arroz de Sarrabulho. Esse arroz é cozido com especiarias, sangue de porco e carnes desfiadas de porco, boi e galinha.

Prato de arroz de sarrabulho com arroz com molho vermelho na frente e carnes e batatas ao lado Blog Vem Por Aqui

Outro arroz famoso (e pouco convencional) na cidade é o Arroz de Lampreia.

Arroz de lampreia com arroz e molho escuro por todo o prato, lampreia colocada em círculo no meio e pedaços do peixe nas laterais, além de molho de ervas Blog Vem Por Aqui

E se você quer um peixe mais ‘básico’ pode ficar no Bacalhau de Cebolada.

Prato com salada de alface e cenoura, batatas chips, bacalhau, cebolas e tomate cozidos Blog Vem Por Aqui

Já os amantes dos doces devem partir logo para o Leite-Creme Queimado, espécie de creme brûlée em que o açúcar é tostado com um ferro em brasa.

Prato branco pequeno com pote de cerâmica branca e doce com açúcar queimado em cima, com pau de canela e folhas de hortelã Blog Vem Por Aqui

Peregrinos

Se você ainda não encontrou motivos suficientes para conhecer a vila, mas vai fazer o Caminho de Santiago passando pela rota portuguesa, acabará em… Ponte de Lima.

Estátua de pedra com rosto de homem e abaixo a inscrição Bom Caminho, ao lado, peregrino com mochila andando Blog Vem Por Aqui

O município tem até um albergue para os peregrinos.

Fachada do albergue com paredes rosas e janelas amarelas, em frente, bicicletas e duas lambretas Blog Vem Por Aqui

O blog português Alma de Viajante esteve por lá e prova que ainda há muito mais o que ver e fazer nessa simpática vilinha.

Deque de madeira com caiaques em cima, pessoas na água em praia perto da ponte e cidade ao fundo Blog Vem Por Aqui

Aproveite o tempo generoso das aldeias europeias e curta tudo sem pressa e com sabedoria.

Compartilhe

Comentários

  1. Carine Tavares disse:

    Gostei tanto de Ponte de Lima que estarei na cidade novamente. Desta vez, no inverno. Veremos o que me aguarda!

    1. Érika Gimenes disse:

      Que legal, Ca! Manda uma foto bem bonita de lá pra gente para a coluna Ponto de Vista

  2. V disse:

    Totós,
    Ponte de Lima decidiu nunca ser cidade para ser sempre a mais antiga e melhor Vila de Portugal.
    Se cuidem quando escrevem.

    1. Érika Gimenes disse:

      Talvez você tenha estranhado porque, usamos cidade no sentido literal, de dicionário, por aqui e, muitas vezes, como sinônimo de município. Provavelmente, por isso, você esteja fazendo questão de ressaltar a diferença em relação à divisão territorial portuguesa. Para evitar novos problemas de interpretação, vamos corrigir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *