Foto: Miami Children´s Museum
Na minhaAmérica
18/11/2016 | Nenhum comentário

Programas para família em Miami

Um colega de infância me escreveu no Face cobrando dicas para quem vai viajar com filhos para Miami. Não sou expert no assunto, mas prometi uma força, então, vamos lá:

1 – Praia, praia e praia

Tem nada que diverte mais a garotada do que encher as sungas e os biquínis de areia? Em Miami o programa não é tão gratuito como costuma ser porque papais preocupados certamente vão pagar os US$ 25 para alugar duas espreguiçadeiras e um guarda-sol, protegendo as crias. Quem está hospedado em Miami Beach pode dar a sorte de ter barracas do próprio hotel disponíveis na areia. Aí, é só levar a farofada (todo mundo leva) e ser feliz durante o dia.

Vista da praia do pier de South Pointe Park. Pedras, mar, areia e prédios ao fundo Blog Vem Por Aqui

Os que estão longe da praia precisam se programar melhor. Ir de transporte coletivo é furada porque tem baldeações e não é muito prático ficar pulando com as crianças (e toda parafernália de praia) de um ônibus para o outro, ou de um metrô para um ônibus.

Mesmo com carro, é preciso chegar cedo. As vagas de estacionamento são disputadíssimas perto da orla, assim como um lugar ao sol nos fins de semana.

Já indiquei um refúgio que considero ideal para quem quer um programa tranquilo, longe da muvuca dos turistas, quando falei sobre o Bill Baggs Cape State Park.

Areia com reflexo solar, barracas azuis e pessoas sentadas nas espriguiçadeiras com farol ao fundo no Bill Bags Cape State Park Blog Vem Por Aqui

O South Pointe Park, ainda que cheio, também é bem mais convidativo para os pais do que a meiúca de Miami Beach.

Calçadão do South Pointe Park com árvores dos lados e vista do mar Blog Vem Por Aqui

Lá, além da praia, os pequenos podem curtir o píer, as árvores, os brinquedos e os chuveiros, que são quase uma instalação artística e ficam em frente aos banheiros públicos (com ar condicionado).

Chuveiros do South Point Park, cada um é uma estrutura como uma vírgula de metal que espirra água Blog Vem Por Aqui

Tem quem até coloque uma varinha na água e tente pegar um peixinho.

Pier do South Pointe Park com pessoas nas laterais e céu azul acima Blog Vem Por Aqui

2 – Andar de trolley e metromover

Outro programa divertido para papais que querem entreter sem gastar é dar uma voltinha nas opções de transporte gratuitas que circulam por Miami. O trolley é o mais legal para a meninada. O filho da minha amiga, de três anos, adora os rolés no ‘Thomas’ (trenzinho de um desenho animado que é suuuucesso nessa faixa etária).

Carro do trolley de Miami, como um vagão de trem laranja e verde Blog Vem Por Aqui

Expliquei melhor como eles funcionam no post sobre transporte e também falei sobre o Metrover, boa oportunidade para ver a cidade do alto.

Vagão do metromover parado na estação Blog Vem Por Aqui

3 – Distração no meio das compras

Quem tem filho pra criar pode até querer muito, mas não vai conseguir fugir de, pelo menos, uma tarde de compras. Dá pra levar roupas imensamente baratas para os pequenos nos lugares que eu citei aqui.

Se quiser facilitar a vida, vá direto ao Sawgrass Mills. O outlet tem uma boa infraestrutura para famílias. Há uma área de estacionamento especial para grávidas e pessoas com crianças menores em frente à Entrada 3. Nessa mesma entrada dá pra alugar carrinhos por US$ 6. Há trocadores em todos os banheiros femininos, além de Family Restroom.

A praça de alimentação tem os hambúrgueres tradicionais, mas também tem o PF Chang´s (rede de comida asiática com preços bons onde você sempre vai encontrar arroz e frango).

Pra fazer do almoço um evento ou pra matar tempo, ainda tem o Rainforest Café, restaurante que reproduz uma floresta tropical com direito até a cachoeira.

Fachada do Rainforest Café com a logo do restaurante que tem tigre, macaco e sapo associados ao nome do lugar Blog Vem Por Aqui

A tática de uma outra amiga minha era ir perto do horário de sono da filha ou depois de um dia bastante agitado para a gatinha. Dependendo da época, o outlet fica aberto até às 23h.

4 – Os polêmicos

Eu tô tentando entrar nessa onda de turismo ecologicamente correto aos poucos e vou me convencendo de que algumas atrações continuarão a sacrificar os animais enquanto a gente der público…

Ainda não me converti totalmente e acho que há maneiras sustentáveis de integrar o homem e a natureza de forma lúdica. Tudo isso pra dizer que Miami tem dois zoológicos.

No Zoo Miami há 700 espécies em exibição e o ingresso custa US$ 21,95 para adultos e US$ 17,95 para crianças de 3 a 12 anos (as que têm menos de 3 não pagam).

Entrada no Zoo Miami com monumento em amarelo cheio de bichos estilizados e o nome do lugar Blog Vem Por Aqui

Já o Jungle Island fica no finalzinho de Downtown e é mais tipo um Simba Safári. Há brinquedos temáticos e dá pra tocar vários bichos. Claro que essa proximidade tem preço. Custa US$ 39,95 para adultos e US$ 32,95 para crianças.

Placa de madeira em árvores dizendo Welcome to Jungle Island e placas indicando caminhos Blog Vem Por Aqui

Quem quiser ver outras espécies encarceradas (desculpe, não resisti…) pode ir ao Miami Seaquarium. A pobre coitada da Orca e o Flipper passaram seus dias ali. A página deles tem várias promoções de acordo com as atividades escolhidas (dá pra beijar golfinho e tudo mais). Os preços partem de US$ 34,99 para adultos e US$ 24,99 para crianças.

Baleia pulando em piscina do Seaquarium e público em frente Blog Vem Por Aqui

O Everglades (e seus passeios de barco em meio a crocodilos) também fica logo ali, a uma hora de Miami Beach. Na Alligator Farm os mais corajosos podem segurar um jacaré (Deus me livre!!!).

Grupo dentro de um airboat e o veículo levantando água no rio Blog Vem Por Aqui

O passeio de Airboat e a volta na ‘fazenda’ saem por US$ 27 para os crescidinhos e US$ 19,50 para os pequenos.

5 – Os tradicionais

Um lugar que é sempre muito bem falado por pais da web em Miami é o Children´s Museum, que replica a vida adulta para os pequenos. Eles podem ‘virar gente grande’ por um dia e fazer várias atividades dos pais (pois é, enquanto é de mentira, é divertido…). Os ingressos custam US$ 20 para todas as idades, só menores de 1 ano que não pagam.

Parte central do Miami Children´s Museum com reprodução de banco e supermercado Blog Vem Por Aqui

Outro museu que fazia sucesso, mas atualmente está fechado é o de Ciências, que abriga o Planetário. Está para reabrir no começo do ano que vem, então, é só ficar ligado.

Imagem de dentro de uma caverna da Venetian Pool com prédios ao fundo e água na frente Blog Vem Por Aqui

A Venetian Pool também vai ficar temporariamente fora de circuito. A piscina pública de Coral Gables fecha todo ano de dezembro a fevereiro. E antes de fazer carinha de nojo para piscina pública, saiba que não tem nada a ver com piscinão de Ramos e que elas são superpopulares lá fora.

No mais…

O Miami and Beaches tem uma lista dos principais parques florestais do condado, afinal, sempre dá pra colocar ‘us meninu’ pra correr e andar de bicicleta. Quando estive em Coconut Grove falei do Alice´s Park.

Eles também têm um post sobre bons lugares para comer com crianças. Sobre isso, dei meus pitacos aqui.

Se você quer alugar bicicletas, não deixe de ler o Quero Viajar Mais.

Aproveito pra matar as saudades com fotos do pequeno que alegrou meus dias em Miami. Obrigada, Biel!

gabriel

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *