Brasil
03/02/2018 | Nenhum comentário

Quatro lugares para comer em Brasília

Brasília tem duas famas que, para mim, são muito injustas: insossa e cara.

A capital federal é, sem dúvida, diferente e essa é uma das principais qualidades do Brasil, ter cidades tão distintas quanto Rio e São Paulo e lugares tão singulares quanto Brasília.

Suas avenidas largas parecem que nunca viram pés humanos, que foram criadas apenas para as rodas apressadas dos carros (de políticos fugindo das explicações talvez…).

Avenida de Brasília com carro ao fundo Blog Vem Por Aqui

Mas o lago Paranoá e algumas praças e parques humanizam o concreto e as longas distâncias, convidando, sim, a passeios ao ar livre.

Vista do lago Paranoá do pier do restaurante Bierfass Blog Vem Por Aqui

Aluguel, transporte e outras questões essenciais para se viver por ali podem custar mais do que em outras capitais brasileiras. Já bares, restaurantes e opções de lazer não me pareceram nem um pouco diferentes (em preço) daquilo que eu vejo em Belo Horizonte.

Usei as experiências de uma antiga moradora do cerrado para citar opções para comer e sair em Brasília num post sobre o city tour que fiz na cidade. Agora trago três lugares que testei e outro que aguçou a minha curiosidade na capital federal.

Café da manhã, almoço e jantar

Caminito Parrila

Essa parrila argentina é novidade, abriu no final do ano passado. Abrasileirada, conta com carnes como a alcatra, além dos cortes tradicionais do país vizinho, e tem excelentes opções de entrada.

Claro que bacon é vida, mas o Millionare Bacon (R$ 14,90) do Caminito é uma vida mais açucarada. As tiras crocantes dessa faixa especial do porco são caramelizadas e ficam irresistíveis.

Porção de bacon caramelado, numa canequinha prateada no Caminito Blog Vem Por Aqui

Outra delícia que provei, mas não fotografei, foi a polenta frita com blue cheese e geleia de pimenta (R$ 24,90).

As carnes variam de R$ 39,90 (300 gr. do bombom da alcatra) a R$ 149,90 (800 gr. de prime rib). O cliente pode escolher dois dos 12 molhos disponíveis. Os acompanhamentos são cobrados à parte, partindo de R$ 10,90.

Porção de bife de chorizo do Caminuto numa tábua de madeira com uma placa de vaquinha colorida com o nome da casa em cima Blog Vem Por Aqui

Eles também têm sanduíches como o choripán (R$ 19,90) e almoço executivo de segunda a sexta, com uma carne e dois acompanhamentos, por R$ 39,90.

O atendimento é simpático, mas ainda um pouco atrapalhado. Com um pouco mais de rodagem, acho que vão engrenar. A carta de vinhos é variada e tem uma boa relação custo-benefício, levando em conta o que é cobrado normalmente em restaurantes.

Empório Santo Antônio

Esse é popular e sob medida para quem quer perder a linha. Fica no shopping Pier 21, que tem uma vista bonita para o lago.

Estacionamento do shopping à beira do lago, visto no entardecer Blog Vem Por Aqui

Se o Caminito foi a escolha para uma noite tranquila de sexta, o Empório e o seu open bar de chopp Brahma com pagode, foi o eleito do sábado.

Mesa com Érika e amigos no Empório Santo Antônio Blog Vem Por Aqui

Chegue cedo se quiser uma mesa, muita gente comemora aniversário e faz reservas por lá.

O chopp liberado sai a R$ 46 por pessoa, de 13h às 17h. E vou te contar, se você não quer parar de beber nem por um segundo, esse é o lugar.

Os garçons passam, freneticamente, enchendo copos que não estão nem na metade. Para terminar uma caldereta é preciso usar táticas de defesa pessoal. Você coloca a mão quando eles estão passando na sua frente, se distrai, e eles enchem por trás, sem que você perceba. Chega a ser engraçado. Devem ganhar um adicional de ‘produtividade’…

Além de porções variadas como bolinhos de todo o tipo, batatas recheadas e carnes, eles também têm feijoada a quilo no sábado.

Mosaico de três fotos com as porções do Empório, bolinhos e carne, batata recheada com molho de camarão e carne na chapa coberta com queijo Blog Vem Por Aqui

Deixei para perguntar o preço do quilo depois de ter começado o open bar e é claro que me esqueci. Lembro só que não era barato, mas o buffet tinha variedade, além da feijoada, frios, tira-gostos e saladas. Já o valor das porções é beeeem variado, de R$ 19,90 (o pão de alho gigante com queijo) a R$ 72,00 (a bandeja cheia de camarão empanado com molho tártaro)

Daniel Briand

Nada melhor para curar a ressaca no domingo do que um café da manhã na loja de doces de Daniel Briand.

Quando estive lá, havia duas opções. Todas com cesta de pães, manteiga, geleia, queijo, suco e uma opção de bebida quente (café, chá ou chocolate). O que variava eram os extras (iogurte com frutas vermelhas, ovo mexido, salada de frutas…).

Combo de café em cima de mesa de madeira, cesta com pães, tigela com ovo mexido, bandeja com geleia, manteiga e queijo, taça com iogurte com frutas vermelhas, café e suco de laranja Blog Vem Por Aqui

Os combos custam R$ 50 e podem ser divididos por duas pessoas. Só recomendo pedir um croissant extra porque essa maravilha dos céus merece ser repetida.

Croissants dentro do forno Blog Vem Por Aqui

Fiquei doida para provar o lanche da tarde. Pela foto no Facebook e pela descrição (com quiches e sei lá mais o que) parecia igualmente apetitoso.

Combo de lanche da tarde com chocolate quente, suco de laranja e bandeja de dois andares com macaron, bolo, calda e, embaixo, croissant, quiches e torta Blog Vem Por Aqui

As mesinhas no jardim deixam o clima ainda mais agradável. E se você é fã de doces aproveite para descobrir porque a casa foi eleita pela Veja a melhor do gênero na capital do país.

Mesmo lotado, a espera por mesas não costuma ser grande, o serviço é que fica um pouco enrolado. Um ou dois garçons a mais aumentariam o custo da operação, mas ajudariam a dar uma experiência mais tranquila aos clientes, num ambiente que é bem relaxado.

Bierfass

Esse eu não fui, mas ouvi falar tão bem que pretendo voltar pra provar. Nada gourmetizado, mas fartura com qualidade. O Bierfass tem um buffet de feijoada com preço fixo de R$ 49,90 que ainda dá direito a caipirinhas de limão e de maracujá e fica na beira do lago, no complexo conhecido como Pontão.

Buffet com itens da feijoada e outras coisas como filé de frango, batata frita e farofa. Tudo em chapas de ferro ou panelas de barro, em cima de uma grande mesa de madeira Blog Vem Por Aqui

Adoooooro citar alguma referência de lugar em Brasília porque, em geral, fico tão perdida com a sopa de letrinha dos endereços e quadras da capital, que é uma alegria poder dizer onde fica alguma coisa.

Bierfass visto do pier no lago, casa grande redonda com árvores dos lados Blog Vem Por Aqui

Aliás, o Pontão é um ótimo lugar para quem quer fazer turismo e oferece passeios de lancha com duração de 1h, a partir de R$ 45. Para os mais corajosos, tem também o flyboard (na matéria abaixo você fica sabendo o que e como é).

Como você já pode perceber pelas descrições acima, o brasiliense gosta de uma feijoada. Outra coisa que faz sucesso por lá, é um drink que eu conheço como Michelada (cerveja, suco de limão e sal na borda do copo), mas que é chamado de Cozumel na capital federal. Vale provar!

Taça com garrafa de corona de cabeça para baixo, sal e limão na borda Blog Vem Por Aqui

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *