Foto: ArgentinaTravels
Pra lá, por quê?AméricaBrasil
08/03/2017 | Nenhum comentário

A história de um continente e a região das Missões

Sana Gimenes é uma desbravadora da América do Sul e já passou por aqui dando ótimas dicas sobre o nosso continente. Hoje ela sugere um passeio inesquecível numa região pouco explorada entre a Argentina e o Paraguai. 

Toda vez que um brasileiro visita a Europa volta surpreso com a quantidade de marcos históricos espalhados por lá. Mesmo nas menores cidadezinhas há castelos, ruínas, muralhas e outras tantas edificações que remontam séculos e séculos passados.

Que os países sul-americanos são ‘jovens’ se comparados aos europeus, a gente sabe, mas o nosso continente também guarda memórias interessantes de tempos e civilizações antigas.

Você já pensou, por exemplo, em fazer algo mais no entorno de Foz do Iguaçu do que ver as cataratas e comprar muamba atravessando a Ponte da Amizade? Se não pensou, tá na hora de rever seus conceitos.

Sana no meio do pórtico das ruínas de San Ignácio Blog Vem Por Aqui

A dica de Sana é alugar um carro e seguir para a região das Missões.

Você vai ver ruínas preservadas, as estruturas centrais das igrejas, é muito bonito!”

Para quem não lembra das aulas de história do colégio, as Missões eram povoados criados e administrados pelos jesuítas entre os séculos XVI e XVIII para catequizar os índios. No trecho compreendido entre Brasil, Argentina e Paraguai há nove áreas que são Patrimônios Mundiais da Humanidade.

Muro de tijolos e árvores nas ruínas de San Ignacio

Sana não conheceu a parte que está no Rio Grande do Sul porque estava saindo de Foz e queria ver o lado argentino da Catarata. Ela recomenda a visita aos dois parques porque diz que  o brasileiro é mais organizado e o argentino tem mais beleza natural.

Duas fotos das cataratas, a argentina e a brasileira Blog Vem Por Aqui

O lado argentino e o brasileiro

De lá, a advogada seguiu, por cerca de três horas, até San Ignacio. Depois foi para Posadas (ainda na Argentina), Encarnación (no Paraguai), e visitou as missões de Trinidad e Jesús de Tavarangué.

Ruínas das missões Blog Vem Por Aqui

Ela conta que em San Ignácio há audioguias com explicações detalhadas sobre cada ruína. Dá para entender o que elas representavam e saber como viviam os jesuítas.

Parque com árvore grande e banco embaixo. Ao fundo uma parede de ruínas Blog Vem Por Aqui

Ruínas de San Ignácio

Posadas é uma cidade pequenininha, mas charmosa, que merece uma parada.

Pessoas andando de bicicleta e sentadas num banquinho no calçadão à beira mar de Posadas Blog Vem Por Aqui

Calçadão de Posadas

Encarnación tem uma zona costeira bonita e é uma ótima opção para quem quer fazer compras na zona franca (sem impostos), fugindo da algazarra de Ciudad de Leste.

Ruínas e árvores ao fundo Blog Vem Por Aqui

Ruínas de Encarnación

É uma coisa diferente e é um outro Paraguai. Você pode descartar Ciudad de Leste e aproveitar para fazer esse passeio.”

O Este Mundo é Nosso tem fotos muito bonitas das missões paraguaias. Já o Pé Na Estrada detalha a ida a San Ignácio Mini. Vale a pena conferir!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *