Foto: Érika Gimenes
BalaioEuropa
30/03/2018 | Nenhum comentário

Tudo sobre Brighton – Compras

Alguns europeus sequer entendem o conceito de um post sobre compras em viagens. É sério! Às vezes, é difícil explicar, principalmente para os mais velhos, que fazer compras é um programa tão obrigatório quanto ir a palácios ou museus para muitos brasileiros.

Só quem paga um absurdo em produtos sem qualidade entende como é bom adquirir coisas interessantes (e até essenciais) por valores mais justos.

Há muitos anos, no entanto, deixei para trás meu fervor consumista. Hoje, para mim, é quase impossível trocar um programa turístico ou gastronômico por uma ida ao shopping. Por isso, gosto de saber, exatamente, onde buscar as coisas que quero ou preciso. Tempo, mesmo nas férias, é o artigo mais valioso.

Comida e bebida

Adoro fazer incursões pelos supermercados das cidades onde estou. Temperos, biscoitos, chocolates, cervejas… Dá para encontrar presentinhos e artigos que justificam o peso na mala.

Por aqui, os mais populares são o Tesco e o Sainsbury. Os dois têm unidades menores (Express e Local), que estão por toda parte e oferecem muita opção de comida pronta para quem precisa almoçar no trabalho ou na escola.

Frente do supermercado com pessoas entrando na porta. Em cima, placa com nome e outro letreiro antes dizendo (em inglês) que abre todo dia de 6h às 23h Blog Vem Por Aqui

Como é bem maior que as lojinhas de bairro, o hipermercado Tesco, na Church Road, atende bem quem quer levar produtos diferentes para o Brasil.

Parte externa do supermercado com entrada arredondada com nome em cima e lateral de vidro Blog Vem Por Aqui

Agora, se o problema for saudade de casa, atravesse a rua quando for ao hiperTesco. O Brazilian Centre oferece carnes variadas, pão de queijo da Forno de Minas, guaraná, paçoca e ainda vende salgados como coxinha e pastel. Os mais preguiçosos podem comprar pelo site.

Mosaico com fotos da prateleira de produtos com artigos brasileiros, do balcão de vidro com carnes brasileiras e da fachada da loja com uma pessoa andando em frente Blog Vem Por Aqui

A superstore do Sainsbury fica na New England Street. Não cheguei a visitar essa unidade, mas está em frente ao Open Market, do qual já falei aqui.

Outras redes muito conhecidas são a Waitrose e a The Co-operative, as duas marcando presença na Western Road, região central de Brighton.

Mosaico com a fachada dos dois mercados (primeiro Co-Operative e depois Waitrose) Blog Vem Por Aqui

Na mesma rua também está o melhor lugar para temperos, especiarias e algumas surpresas do Oriente. A mercearia Taj ainda vende frutas e legumes frescos.

Shopping

Seguindo até o final da Western você vai encontrar o maior shopping da cidade. Aliás, o único com cara de shopping do jeito que a gente conhece.

No Churchill Square estão as principais fast fashions como Zara, Topshop, River Island, Pull & Bear, H&M e Bershka. Lá você também vai ter Victoria’s Secret, Acessorize, Apple e otras cositas más.

Entrada do shopping com homem saindo e quatro jovens entrando Blog Vem Por Aqui

A área de alimentação não é tão farta, mas você está num ponto nevrálgico de Brighton, a poucos metros de The Lanes, região com ótimas alternativas para comer e beber. Então, se segure e fique restrito às compras por ali.

Preste atenção, no site do shopping, aos horários de funcionamento. Embora muita coisa abra domingo por aqui, de segunda a sexta o funcionamento costuma ser de 9h às 18h, com jornadas diferentes no fim de semana.

Farmácias

Seguindo reto na calçada do Churchill Square, a Western Road vira North Street. Logo na esquina da rua, diante da Clock Tower, você vai ver uma loja bem grande da Boots, rede de farmácias popular na Inglaterra.

Prédio da Bootz com vidro janelas de vidro grandes acima da entrada onde há o nome da rede Blog Vem Por Aqui

O lugar é bom para comprar cosméticos e afins, mas não deixe de comparar preços com a concorrente, Superdrug (que tem loja na Western e dentro do Churchill Square).

Frente da Superdrug com nome da loja acima e estrela que faz parte da marca ao lado Blog Vem Por Aqui

Cada uma oferece promoções específicas (tipo ‘leve 3 pague 2’) que fazem a alegria dos turistas.

Esportes

Do lado da Boots está uma loja sob medida para fãs de roupas esportivas. A Sports Direct tem promoções excelentes.

Parte interna da loja com imensos expositores cheios de roupa e araras com mais produtos no meio Blog Vem Por Aqui

Lá você encontra artigos de vários times ingleses de futebol, mas não da equipe da cidade, o Brighton & Hove Albion. Esses só são vendidos pela internet ou na loja própria, no estádio.

Do lado da Sports está a Decathlon, outro espaço excelente para esportistas e com preços ainda melhores, já que prioriza produtos próprios ou de revendedores que não têm nomes conhecidos, mas que costumam ter boa qualidade.

Baratos

Um ótimo lugar para quem gosta de barganhas, e que está uns passos para baixo da Boots, é a TJ Maxx, marca americana do mesmo grupo da Marshalls e no mesmo estilo da Ross Dress for Less.

Loja na esquina da rua com nome acima das vitrines de vidro e nome da rua da esquina (Ship Street) acima Blog Vem Por Aqui

O lugar, que funciona como um outlet de várias marcas, tem desde óculos Moschino por £ 15 a mochilas Kipling a partir de £ 30, e enormes potes de condicionador Rekden a £ 9.

Para roupas baratéssimas (nem sempre duráveis) a Primark é imbatível. Quando morávamos em Barcelona, meu marido costumava dizer que essa é a loja do imigrante feliz. Europeu costuma ser um pouco mais exigente em termos de qualidade, mas, na Primark, dá pra achar muito quebra-galho com preços populares.

Fachada da loja com nome acima da entrada e no alto do prédio com uma letra adesivada em cada janela Blog Vem Por Aqui

Já para sapatos eu indico a alemã Deichmann. Eles têm vários modelos da moda, produtos que são e não são de couro e tênis a partir de £ 19.

Mosaico com fotos da fachada da loja e de sapatos na vitrine Blog Vem Por Aqui

Se você vai passar algum tempo na Inglaterra no inverno, vale a pena comprar uma bota por lá. Nossos solados costumam ser muito finos para encarar dias de neve e frio intenso.

Bota preta de cano curto com detalhes com tachas prateadas transpassado no tornozelo Blog Vem Por Aqui

Comprei essa que é pau para toda obra por £ 27,90

1,99 inglês

Para quem quer coisa barata, mas barata mesmo, tipo £ 1, o point é a Poundland, rede mais famosa de pound shops (o 1,99 deles).

Fachada da Poundland com carros parados nas laterais Blog Vem Por Aqui

Para mim, é o melhor lugar para comprar chocolate e bugigangas. Arrisquei um carregador portátil de telefone que não completa uma carga inteira. Por £ 1, metade da carga é um resultado pra lá de aceitável.

Para casa

O que não falta em Brighton são lojas legais com produtos descolados para casa, como a Bert’s ou mesmo a Dockerills, que não perde o charme mesmo vendendo itens para jardinagem, portas e parafusos.

Mosaico com foto da Bert's com toldo esticado com o nome da loja e da Dockerills com nome acima da loja alguns produtos na porta Blog Vem Por Aqui

Já a England at Home vai dos eletrodomésticos a inutilidades interessantes, tipo o cachorrinho que ajuda secar unhas molhadas de esmalte.

Mosaico com fotos de: cachorrinho de plástico com aberturas para passar vento no focinho e prato com formato de osso abaixo, ao lado, fachada da loja e lixeiras coloridas na vitrine Blog Vem Por Aqui

Marcas internacionais como a francesa Pylones e a dinamarquesa Flying Tyger também garantem seu lugar ao sol (ou à chuva) nas ruas.

A primeira é mais cara e cheia de produtos coloridos e vibrantes. A loja fica numa ruela em frente ao Churchill Square.

Frente da loja com vitrines de vidro com tonéis coloridos e produtos expostos em cima Blog Vem Por Aqui

A segunda é mais barata, com muita variedade e um lugar bem legal para achar bobagens para crianças. A Tyger tem duas unidades, uma no shopping e outra mais no meio da North Street.

Frente da loja com bicicleta parada no canto esquerdo e pessoas passando no direito Blog Vem Por Aqui

Tradição

Como os ingleses ainda mantêm a bonita tradição de trocar cartões, é fácil ver por aqui espaços como a Card Factory ou a Scribbler.

Fachada das lojas de cartão Card Factory e Scribbler Blog Vem Por Aqui

Já a WH Smith, no Churchill Square, parece mais com nosso modelo tradicional de papelaria. Foi lá que comprei plástico bolha (bubble wrap) para embalar algumas coisas que quero trazer.

The Lanes

The Lanes é a denominação geral de uma área cheia de bequinhos no centro onde estão algumas das coisas mais interessantes daqui. Essa região é dividida em North e South e, quando separadas, são chamadas de Laine, em vez do atual Lane (faixa, em inglês) porque seguem o padrão antigo da língua.

Poste tipo antigo, de ferro com placa quadrada com o nome Lanes diante de um beco Blog Vem Por Aqui

Do lado direito de quem vem do Churchill Square está South Laine. Além de dezenas de joalherias e algumas lojas de roupa mais sofisticadas, é por ali que está a Tegen, especializada em todo tipo de acessórios para cabeça. Ótima opção para fãs de chapéus sem problemas de orçamento.

Vitrine da loja com chapéus expostos Blog Vem Por Aqui

Do lado esquerdo, está o pedaço mais descolado (e o que eu mais gosto), North Laine, começando na Bond Street.

Subindo a rua, à direita, você encontra a marca londrina de bolsas coloridas, Sophia & Matt.

Vitrine da loja cheia de acessórios coloridos Blog Vem Por Aqui

Pouquinho acima está a loja dos sapatos mais doidos que já vi, a Irregular Choice.

Fachada toda colorida com nome da loja no alto e vitrine de vidro, exibindo sapatos coloridos Blog Vem Por Aqui

O estilista, Dan Sullivan, abriu a primeira unidade em Londres quando tinha 18 anos. Aos 23, fechou os seis espaços que tinha conquistado para viajar pelo mundo. Agora, ele vende sapatos que parecem ter saído direto de Alice No País das Maravilhas na Inglaterra, China, Espanha e França.

Sapatos muito coloridos e com purpurina ou saltos estilizados Blog Vem Por Aqui

Se você e fã de fofuras, vale a pena parar na Sass & Belle.

Prateleira cheia de produtos coloridos e com estampas florais ou de bichos simpáticos Blog Vem Por Aqui

Se quer roupas com pegada vintage, tente a Collectif ou a Beretun Designs, que também faz vestidos de festa.

Vitrine das lojas com roupas tipo anos 50 Blog Vem Por Aqui

Os homens diferentões vão gostar das estampas e dos ternos da Gresham Blake.

Vitrine de vidro exibindo terno todo colorido e gravata com caveira na ponta Blog Vem Por Aqui

As barraquinhas de rua têm artigos hippies à vontade para os que estão na vibe paz e amor.

Pessoas andando no meio da rua com barraquinha vendendo artigos de couro no começo Blog Vem Por Aqui

Voltando para a North Street, mães e filhas podem querer parar na Cath Kidston para comprar peças iguais ou só admirar a quantidade de produtos floridos.

Fachada da loja com nome acima Blog Vem Por Aqui

Dicas extras

Se você está estudando em Brighton, preste atenção no desconto para estudantes oferecido por algumas lojas. Muitas colocam o aviso em adesivos na vitrine, em outras, é preciso perguntar.

A cidade também tem vários (mais muitos mesmo…) brechós geridos por instituições de caridade para angariar fundos para suas causas. Dá para encontrar ótimas pechinchas em cada um deles e ainda fazer o bem.

Loja da Cancer Research UK Blog Vem Por Aqui

O site oficial de turismo da cidade tem algumas informações adicionais sobre o comércio.

Caso você esteja procurando produtos veganos, não deixe de ler esse post aqui.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *