BalaioEuropa
01/07/2016 | Nenhum comentário

Um hotel e um hostel em Londres

Thaís de Sá já visitou 20 países e passou por aqui contando a péssima experiência que teve num hostel em Praga. Na Inglaterra foi o contrário. Nas três vezes em que esteve em Londres, ela descobriu um hostel e um hotel que indica sem medo.

Para Thaís, o Palmers Lodges é o melhor albergue em que ela já se hospedou. As camas eram do tipo beliche, mas tinham gavetas, mesas e luzes individuais, além de uma cortina isolando cada uma.

Eu fiquei num quarto com 12 meninas e não parecia que tinha 12 meninas. É muito organizado.”

A unidade Swiss Cottage fica num prédio histórico, com estilo vitoriano, na área central. 

Frente do Palmers Swiss Cottage Blog Vem Por Aqui

Já a Hillspring está na parte norte da cidade.

Frente do Palmers Hillspring Blog Vem Por Aqui

Há ainda um Palmers em Zagreb, na Croácia.

Frente do Palmers Lodge Zagreb Blog Vem Por Aqui

Todos já receberam distinções de sites como o Hostelworld  e o Tripadvisor. A Swiss Cottage tem as diárias mais caras, são £ 80 para duas pessoas no quarto privativo com banheiro ou £ 18 por uma cama no quarto compartilhado misto, onde cabem até 28 pessoas.

Quartos da unidade Swiss Cottage Blog Vem Por Aqui

Em Hillspring o quarto com banheiro sai a £ 70 para duas pessoas e a cama no quarto misto, com 22 hóspedes, custa £ 17.

Quartos da unidade Hillspring Blog Vem Por Aqui

Na Croácia os valores são melhores e a cobrança é em euro. O quarto individual com banheiro custa € 60 para a dupla e a cama no quarto compartilhado, que comporta no máximo oito pessoas, custa € 15.

Quarto da unidade Zagreb Blog Vem Por Aqui

Quando viajou com o marido, Thaís trocou o hostel por um hotel, mas também encontrou conforto e uma localização perfeita.

Fachada do hotel Premier Inn com a London Eye ao fundo Blog Vem Por Aqui

O Premier Inn London County Hall está, literalmente, a dois minutos da roda gigante mais famosa do mundo, a London Eye, e também fica pertinho de outra atração pouco conhecida, o Shrek Adventure. Isso mesmo, os ingleses têm um parque dedicado ao ogro que é estrela de desenhos animados.

Quarto do Premier Inn Blog Vem Por Aqui

Em tempos de maior estabilidade econômica, o Premier faz a linha BBB (o velho bom, bonito e barato), mas tendo que converter a libra a R$ 4,25, as coisas ficam complicadas. A diária da unidade em que a Thaís ficou, por exemplo, custa £ 117, que, hoje em dia, correspondem a quase R$ 500. Se você achou puxado, o site da rede tem várias alternativas com preços em conta, o mais barato, sai por de £ 60.

O Mapa de Londres e o 360° Meridianos indicam outras opções de hospedagem na cidade.

Pra saber como foi a experiência que traumatizou a Thaís em Praga, é só clicar no primeiro link, aí, embaixo.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *